Arquivo do blogue

estado de espírito.

<a href="http://www.youtube.com/watch?v=?hl=en&autoplay=1&loop=1"><img src="http://www.gtaero.net/ytmusic/play.png" alt="Play" style="border:0px;" /></a>

7 de abril de 2010

desejo humano


Todos nós temos algo para mostrar, algo escondido que só nos é revelado quando o olhar respira confiança. Porque somos todos humanos, respiramos, choramos, gritamos nos momentos de maior prazer e de mágoa. Quando confiamos entregamo-nos por completo, é como se as nossas visões mais trémulas, os desgostos impossíveis de sarar, os momentos de puro prazer passassem para o outro lado, o lado em que nos é livre de entrar, e percorrer as sensações do outro alguém, que acabaram também elas em nós.Todos nós queremos aparentar resistência a este sentimento, por vezes não queremos senti-lo, não queremos presenciar aquele arrepio, aquele impulso que trás a derradeira lágrima, que nos desfaz num misto oceano de ira e paixão. Queremos ser amados intensamente com obstáculos difíceis para que o prazer seja cada vez maior. O orgulho mostra-se frágil quando o medo da perda nos atormenta, e quando este terrível orgulho aparece, o desejo aumenta. Começamos a enfraquecer na solidão, o nosso corpo começa a necessita-lo, e parte nós corre para os braços dele, de novo. A corrida é cada vez maior, nada os faz tropeçar neste vulto de perigos da escuridão. Aproximam-se cada vez mais, tornam-se imortais por momentos, nenhuma força suprema capaz de os derrubar, e sentem o seu cheiro de novo e num simples e rápido olhar transpira um desejo imenso. Entregam-se por completo.
E começa a partilha, de algo que é comum: o amor.
Afinal, somos apenas humanos.

4 comentários:

mafalda. disse...

que texto, tão giro :p
tens geito :)

João Frederico :P disse...

obrigado pela tua opinião :)
eu critico apenas quem usa os blogs como uma "rede social" , percebo perfeitamente isso de "cada um faz com ele o que quer"

João Frederico :P disse...

eu tbm gostava que sim ;)

João Frederico :P disse...

:D E tenho essa colecção bem escondida no armário para não ferir a vista de ninguém! ahah