Arquivo do blogue

estado de espírito.

<a href="http://www.youtube.com/watch?v=?hl=en&autoplay=1&loop=1"><img src="http://www.gtaero.net/ytmusic/play.png" alt="Play" style="border:0px;" /></a>

15 de junho de 2010

chave da saída

Conhecer o teu novo eu foi para mim um desengano repentino. Mostras-te o quanto tenebroso é o teu lado cruel. Fizeste-me enfrentar tudo o que eu provoquei inocentemente, gritaste as tuas palavras mais árduas que te feriram sem compaixão. Dizeres que tudo o que eu te disse foi para ti uma novela, fica a saber que nada era ficção. A verdade é que a minha liberdade ficou presa nas tuas mãos. Sei que foi apreendida por ti inconscientemente, todavia ela sentiu-se extrangulada e quando o vento lhe impulsionou, ela seguiu o seu rumo. No entanto ainda hoje tem que levar com os restos partidos dessa cela que ainda flutuam ferozmente no meu céu.

Estou cansada de estar cansada de ti(...)

1 comentário:

cláudia disse...

conquista de novo a tua liberdade ! escreves incrivelmente bem !